Anel Solitário: Qual o seu significado e como usar? O solitário pode ser considerado uma das semijoias mais clássicas que existe. Sinônimo de elegância, o anel solitário também é associado ao amor. Mas você sabe como usar esse clássico? Se sua resposta foi não, fica comigo que eu vou te dar umas boas dicas nesse post.

História do anel solitário

Segundo a lenda, no ano de 1477 na Áustria, o arquiduque Maximiliano, ordenou que fosse feito um anel com o maior e mais puro diamante. Esse anel deveria ser liso e simples, com um único diamante cravado ao meio. Criava-se assim o modelo que conhecêssemos atualmente.

Ainda segundo a lenda, esse anel foi dado em presente a sua noiva, Maria de Borgonha, no dia de seu noivado. Essa joia foi colocada no dedo anelar da mão esquerda da noiva, onde segundo a tradição fica a “vena amoris”, ou veia do amor. Segundo os egípcios, essa veia corre diretamente do dedo anelar até o coração.

O fato é que existem várias veias conectadas ao coração em todos os dedos, e também nas duas mãos. Mas a preferência de uso continua sendo pelo dedo anelar esquerdo, uma tradição estendida também às alianças de casamento.

Provavelmente na ocasião citada acima, tenha sido a primeira vez em que um noivado foi celebrado com um anel solitário. Esses e outros relatos marcam o início de tradições que perduram até a atualidade. Por essas e outras tradições, o anel solitário é considerado símbolo de amor.

Anel Solitário. Qual o seu significado e como usar?

A evolução do anel solitário

Antigamente o anel solitário era associado apenas as histórias de amor, que comumente envolviam um pedido de casamento. Assim, para se ter um anel desse modelo era necessário ser pedida em casamento.

Com a evolução dos tempos, essa prática deixou de existir e para ter um anel solitário basta apenas comprá-lo. Além disso essa peça possou a ganhar novos modelos, mais inovadores e cheios de design.

Essa popularização terminou por trazer novas pedras e materiais à confecção do anel solitário, tornando-o mais adaptado a realidade da maioria da população.

Anel solitário ródio branco
Anel solitário ouro
Anel solitário ouro rosé

Como usar um anel solitário?

O anel solitário pode ser usado classicamente como o anel de noivado ou como aquele presenteado pelos 15 anos. Depois do casamento, pode ser colocado junto da aliança e até mesmo fazer parte de uma composição com aliança.

Porém por ser uma joia democrática e versátil, o anel solitário pode ser usado sozinho ou com outros anéis, sempre dando um toque de sofisticação ao visual.

Como usar um anel solitário?

 

Como escolher seu anel de noivado?

 

significado do anel de noivado

 

Com pedras pequenas ou grandes, o anel solitário é sempre uma joia delicada, mas não necessariamente discreta. O anel solitário também pode ser uma peça para diferentes combinações. Além da já mencionada combinação com aliança, o solitário fica lindo junto com outros anéis delicados, com ou sem pedras.

E você, já tem um anel solitário para chamar de seu? Não?! Então corre lá no site da Scarllete Semijoias que temos lindos modelos que vão deixar você apaixonada! Anel Solitário: Qual o seu significado e como usar?

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram!